Blog RVV
Publicações de Conteúdo

Fica na janela e vê as pessoas trocando conversa de olho no olho, coisas que preenche o tempo de alegria.
Cruza a multidão e tem a sensação de poder amplificado no barulho, na dinâmica dos diferentes, nos sóbrios achados.
Se esforça para juntar os comuns e repelir os opostos.
Se une às rotinas produtivas para...

Se pudesse seria um bicho qualquer, solto pela Amazônia profunda.
Não precisaria ler nada, escutaria sim atento ao movimento dos que me alimento ou daqueles que buscam se alimentar de mim.
Namoraria poucas vezes por ano apenas com o propósito de reprodução.
Se fosse um papagaio andaria com bandos e estaria sempre acompanhado pela minha...

Qual é a coisa que nos faz reagir por convicção? Como é mais fácil tratar do progresso das pessoas quando podemos ter convicções que nos dão base. Pensei em algumas que tenho e achei por bem compartilhar:
- Floresta não pode ser entendida apenas como um recurso disponível para ser usado, mas sim é um bem inestimável...

Os bugios se calaram no Estaleiro, em São Francisco do Sul.
Mais uma marca da epidemia da febre amarela trazida por nós. Nós somos responsáveis por isso.
Por décadas tive o privilégio de escutar os machos alfa esbravejando nas montanhas, quase sempre pouco antes de uma chuva. São animais belíssimos e de grande valor para a...

COMUNICADO
A Fazenda Santa Clara, sede da Reserva Volta Velha definiu uma área para a implantação de um projeto de agrofloresta, inicialmente de 2 hectares. Plantaremos frutíveras, legumes, verduras e trabalharemos para o fortalecimento da qualidade do solo, integralmente dentro do conceito orgânico e regenerativo.
Esta primeira área já está...

Sou um cuidador de terras. Esta é uma profissão de muitos e com orgulho. A terra que cuidamos e protegemos é do tamanho daquilo que podemos administrar. É excitante e divertido cultivar as coisas, impor formas para produzir e dar sustento, mas é deslumbrante saber que aquilo que não intervimos é sagrado.
É preciso ter vocação para...

Não existem excessos na natureza. Os ratinhos, marsupiais, quase nunca se apresentam em grandes quantidades. Os predadores fazem o seu papel e controlam os excessos, acho que é por isso que quase nenhum mamífero se mostra disposto a mudar essa regra. Se tentarem, o próprio mecanismo criar uma contraparte e estabiliza o processo.
Numa floresta...

Dúvidas, tenho todas, mas apenas uma certeza, que nós humanos complicamos muito a vida. Montamos certezas, construímos diferenças, saboreamos a prazer finito, parco - como uma bala doce.